Estratégia correta e resultado excelente: Grêmio é o melhor da Libertadores após três rodadas

Entender a estratégia adotada pelo Grêmio na noite desta quinta-feira é bem simples. Basta analisar o desgaste que o time titular vem sofrendo com jogos decisivos um atrás do outro e a partida fundamental para o futuro do clube dentro do Campeonato Gaúcho, marcada para domingo.

O Grêmio – e cito o clube porque a decisão não foi apenas do treinador, mas levou em conta, especialmente, aspectos fisiológicos – tomou a decisão mais correta. E foi premiado. O empate, fora de casa, com um jogador expulso na metade da segunda etapa, saindo atrás, foi excelente.

Com 7 pontos, o Grêmio tem a melhor campanha da Libertadores da América 2017 passadas três rodadas, o primeiro turno da competição.

Respeito opiniões diferentes, mas não entendo. Ora, o jogo desta noite era “perdível”. Uma derrota não seria catastrófica. O Grêmio voltará a enfrentar o mesmo Guarani, em casa, daqui uma semana.

Sobre o jogo, dá para afirmar que o Tricolor foi superior ao adversário, apesar das cirúrgicas intervenções de Marcelo Grohe. Ele só não foi o melhor da partida porque Arthur, mais uma vez, deu conta do recado. Além de ocupar bem os espaços, deu assistência para Pedro Rocha empatar o jogo. O camisa 9, por sinal, com o gol marcado, ganha a confiança que estava abalada após alguns jogos onde pecou na pontaria.

Crédito da foto: Lucas Uebel | Grêmio

33782379730_de5b525c5e_z

Adicionar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *